• Logomarca Governo do Estado do RN
  • Governo do Estado do RN
  • Jul 10 2018 10:12AM

MATRIA

+

Governador participa de reunio no Ministrio da Defesa colombiano

ASSECOM/RN26 Feb 2016 09:38

ASSECOM/RN

Dando continuidade à agenda oficial na Colômbia, o governador Robinson Faria foi recebido, nesta quinta (25), no Ministério da Defesa Nacional daquele país, onde participou de reuniões que trataram de políticas de defesa social e, ainda, de possíveis parcerias com o Rio Grande do Norte, como a assinatura de um termo de cooperação na área da Segurança. Antes disso, o governador esteve, também, com o ministro da Fazenda da Colômbia, Mauricio Cárdenas.

 
Cárdenas ofereceu um almoço à comitiva do estado do Rio Grande do Norte, formada ainda pelo procurador-geral de Justiça do Rio Grande do Norte (PGJ), Rinaldo Reis Lima; pelo Procurador Geral do Estado, Francisco Wilkie; pelo secretário-adjunto da Defesa Social (Sesed), Caio Bezerra e pelo secretário de Estado da Justiça e Cidadania (Sejuc), Cristiano Feitosa.
 
Durante o almoço, foram apresentadas experiências exitosas da economia colombiana e discutidas oportunidades de intercâmbios de investimentos entre o Rio Grande do Norte e a América Latina. Mauricio Cárdenas, que já atuou como Ministro de Minas e Energia, foi também diretor da América Latina do Instituto Brookings, um dos mais prestigiados centros de pesquisa econômica nos Estados Unidos.
 
Já no Ministério da Defesa Nacional, a comitiva foi recebida pelo vice-ministro da Defesa para as Políticas Internacionais, Anibal Fernandez de Soto e o vice-ministro para o Grupo Social e Empresarial da Defesa, o General José Javier Pérez Mejía. No encontro foram abordadas formas de cooperação para auxiliar o estado do Rio Grande do Norte no planejamento e execução de programas de segurança pública.
 
“O maior desafio dos governadores do Brasil é a segurança púbica que, diferentemente da Colômbia, está concentrada nas gestões estaduais. Como este país se tornou um case de sucesso na redução da violência, aceitamos o convite do Governo colombiano para vir conhecer ideias e projetos que possam ser adaptados a nossa realidade no RN”, disse o governador.
 
Robinson Faria também destacou os resultados alcançados no primeiro ano de sua gestão e a preocupação do Governo do Estado para melhoria deste trabalho em 2016. “Com muito esforço conseguimos reduzir os índices de homicídios no RN, após 10 anos de só crescimento. Mas esse é o resultado de um trabalho que ainda está no início. Precisamos fazer com que a população volte a se sentir segura”, disse Robinson Faria.
 
O vice-ministro da Defesa para as Políticas Internacionais, Anibal Fernandez de Soto, advogado com especialização em economia e mestre em Política e Participação Cidadã pela Universidade Rey Juan Carlos de Madri, na Espanha, ressaltou o empenho do Governo Colombiano para se tornar uma referência em segurança pública e elogiou a iniciativa do Rio Grande do Norte em buscar estreitar os laços com seu país.
 
“A Colômbia se tornou uma exportadora de segurança e, assim como o Governo do RN que está aqui em busca de integração, nós também tivemos que recorrer a vários acordos de cooperação com outros países visando na luta contra as drogas, quadrilhas especializadas em roubos, contrabando, tráfico de pessoas, enfim. Esse foi um caminho que beneficiou muito a Colômbia e acreditamos que poderá ser também muito proveitoso para o RN”, disse o vice-ministro da Defesa para as Políticas Internacionais, Anibal Fernádez de Soto.
 
Parceria em pauta
 
Já o vice-ministro para o Grupo Social e Empresarial da Defesa, o General José Javier Pérez Mejía falou sobre a importância dos Centros de Comando e Controles Regionais onde atuam integrados as Forças Armadas, as Polícias, bombeiros, peritos, profissionais do trânsito, gestores de hospitais, promotores de Justiça, entre outros. Ele também destacou a necessidade do fortalecimento dos serviços de inteligência, enfatizou a cultura de integração que existe em Bogotá e Medellín, entre o setor privado, a sociedade e o Governo e anunciou a abertura com o RN para execução de acordos de cooperação.
 
“A Colômbia possui fábricas de equipamentos militares e uma de Defesa que estão à disposição do RN. Também possuímos dois acordos de cooperação com o Governo Federal do Brasil que podem ser aproveitados pelas forças de segurança pública do estado para criação de diagnósticos, capacitações e aquisição de materiais”, disse.
 
O secretário adjunto da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), Caio Bezerra, demonstrou interesse pelo aprofundamento destes termos de cooperação e ressaltou a importância de novas reuniões, como a presença de policiais do Rio Grande do Norte, para detalhar e formalizar esta parceria.
 
“Muito interessa aos policiais militares e civis do RN a execução de acordos que busquem aperfeiçoar estratégias de atuação, bem como aquisição de equipamentos. Buscaremos, em breve, ter novos contatos com equipes de planejamento estratégicos do Ministério da Defesa para viabilizarmos a efetivação destas negociações”, disse Caio Bezerra. 

 

Notcias do RN